A QUESTÃO DA DESIGUALDADE

Um dos temas mais abordados hoje em dia é a questão da desigualdade, muitos blogs, ONG’s, políticos e ativistas têm condenado a desigualdade social veementemente. A crítica se baseia na afirmação de que ela é prejudicial, pois gera um abismo entre ricos e pobres, e o padrão é uma sociedade mais igualitária, onde há uma distribuição de renda mais equitativa. Em maio de 2018, o site Toda Matéria indicou 6 causas para esse fenômeno, elas são: má distribuição de renda, má administração de recursos, lógica de acumulçõa do mercado capitalista, falta de investimento nas áreas sociais, falta de oportunidade de trabalho e corrupção. Também muitos usam os dados do Coeficiente de Gini (dado que mede a concentração de renda) e o relatório da desigualdade da Oxfam para defender seu ponto de vista. Infelizmente, não tenho espaço para abordar todos os desdobramentos desse tema, por isso vou me deter à questão da desigualdade propriamente dita.

Primeiro, precisamos entender que a desigualdade não é algo concreto, é só uma estatística, já dizia Leandro Narloch, por si só não é um problema a ser combatido. Há sempre um trade-off entre liberdade e igualdade. Todos nós devemos ter direito à liberdade, inclusive para sermos desiguais. Igualdade forçada implica em falta de liberdade. Todos devemos ser livres para tomarmos decisões diferentes que definirão estilos de vida diferentes, não importa se ele será mais ou menos abastardo. Uma pessoa que prefere gastar o final de semana estudando provavelmente terá um estilo de vida diferente de quem prefere passar o final de semana dormindo. Economicamente, nosso papel não é fazer juízo de valor sobre qual estilo de vida é melhor, isto é, não podemos dizer que alguém que preferiu passar o fim de semana estudando e que ganha 10 mil reais por mês está certa e quem preferiu passar dormindo e ganha mil está errada, pois isso é a decisão que cada um tomou para sua vida.

Outra questão que se levanta é que as estatísticas não revelam a qualidade de vida das pessoas que ganham menos e nem se o país tem uma qualidade de vida boa ou ruim. Por exemplo, imagine que num determinado país, em que está havendo crescimento econômico geral, os mais ricos estão enriquecendo mais rápido do que os pobres. Os dados vão mostrar que a desigualdade está aumentando, mas omitem o fato de que a vida de todos está melhorando. Por outro lado, existe um país em que está havendo empobrecimento geral e os ricos estão emprobrecendo mais rápido do que os mais pobres. Os dados vão mostrar que a desigualdade está diminuindo, mas, novamente, omitirão os fato de que a qualidade de vida está piorando.

Pode acrescentar que Cuba, com o índice de Gine de 0,38, e Libéria, com um de 0,32, têm muito menos desigualdade que as altamente ricas e desenvolvidas Singapura e Hong Kong, cujos coeficientes de Gini são, respectivamente, 0,45 e 0,53. Cidadãos de um país pobre, com baixa desigualdade são igualmente pobres. Nesse caso, a desigualdade mensurada pelo Gini é incapaz de mostrar se os 20% mais pobres de Cingapura ou Hong Kong possuem uma qualidade de vida mehor que os 20% mais pobres de Cuba ou Libéria, e vice-versa. Por exemplo, o IDH de Cuba é 0,769 e o da Libéria é 0,430, enquanto o de Singapura é 0,912 e o de Hong Kong é 0,910.

O problema a ser combatido é a pobreza, para que todos tenham as condições minímas e dignas de sobrevivência. A ideia não é manter uns com o minímo enquanto mantemos outros com cifras enormes, mas sim garantir que todos tenham uma qualidade de vida minimamente honrosa, o que passar disso será por decisões pessoais. Nesse cenário todos podem ser ricos. Essa é a ideia principal do livro Nós queremos que você fique rico de Donald Trump e Robert Kiyosaki, que é reforçada pela ideia do Milton Friedman de que o poder político é limitado, mas o econômico não. Não obstante, nosso objetivo não é fazer com que todos sejam ricos, alguns simplesmente não vão querer e outros não vão trabalhar para isso, mas sim, garantir uma vida digna a todos. Isso significa que eu não preciso ser rico como os 10% mais ricos para desfrutar de todos os benefícios deles, eu só preciso sair da pobreza. Por exemplo, o fato de o Bill Gates ganhar 100.000 vezes mais do que eu não significa que ele coma 100.000 vezes mais do que eu, viaje com 100.000 vezes mais segurança do que eu, seja 100.000 vezes mais feliz do que eu ou tenha os filhos 100.000 mais educados do que os meus. O ser humano não tem a necessidade de ter o carro do ano, uma casa num bairro nobre ou viajar todo ano, ele só precisa de condições para buscar o estilo de vida que ele quer.

Acresce-se que, diante dessas estatísticas, se levantam centenas de jornais e indivíduos fazendo pesadas críticas aos mais ricos e pedindo maior tributação para eles. Infelizmente, é ignorado os benefícios que todas essas pessoas trazem à sociedade. Se os mais ricos forem taxados, eles vão transferir o ônus tributário para os consumidores, vão elevar o preço dos produtos, vão demitir funcionários ou vão investir em outros países, ou seja, não beneficiará em nada a sociedade. Alguém argumentará que o objetivo é a distribuição de renda. Sim, mas ignoram que o certo não é fazer com que os ricos sejam menos ricos, e sim fazer com que o pobres sejam menos pobres.

Alguém contra-argumentará dizendo que no Brasil um fator que impossibilita a ascensão social e gera a desigualdade é a falta de oportunidades. Contudo, isso é uma falácia, pois há oportunidades no Brasil, não são as mesma para todos e não estou dizendo que é fácil ascender, mas há. O objetivo é facilitar e aumentar essas oportunidades. Isso pode ser alcançado primeiramente derrubando todas as barreiras que dificutam o empreendedorismo, como burocracia e tributação excessiva, incentivando, assim, a livre concorrência e a facilidade de entrar em um mercado. Também deve ser extinto, na medida do possível, todos os monopólios estatais, para que haja competição e todos possam lucrar e comprar mais barato. Paralelamente, o governo deve privatizar as empresas para que ele diminua as responsabilidade, deixe de ter prejuízo em algumas e, assim, diminua os importos, gerando um aumento da renda real e, por consequência, um aumento do consumo, isto é, do comércio. Concomitantemente, as leis trabalhistas devem ser diminuidas, pois elas impedem que os patrões contratem ou paguem mais para seus funcionários pelo fato de aqueles terem que pagar cerca de 1800,00 com toda a burocracia com um trabalhador que recebe um salário mínimo, mas que poderia está recebendo mais se não fossem essa regulamentação excessiva.

[1] Economista que escreveu o livro Guia Politicamente Incorreto da Economia.

[2] Documentário Livre Para Escolher: https://www.youtube.com/watch?v=aedjlCmrEkg.

 

Autor

Marcos Vitor de Sousa Moraes
3° semestre – 14/08/2018

3ª Edição – Agosto a Outubro de 2017

O InfoLUA é um boletim de informações que tem por objetivo apresentar aos estudantes associados ao CAECO as atividades do centro acadêmico. A ideia principal é criar um meio de comunicação entre o estudante de economia da Universidade Federal do Ceará e a entidade que o representa, Centro Acadêmico Ari de Sá Cavalcante.

Neste boletim constará as atividades realizadas no período de agosto a outubro de 2017, bem como informes sobre as reuniões das quais o Centro Acadêmico participou, a apresentação da Diretoria eleita e suas atribuições e por último um balanço financeiro desse trimestre da gestão da LUA. Vale lembrar que os balanços serão divulgados em sua totalidade no final da gestão para a aprovação através de Assembleia Geral como definido no Estatuto Social de nossa entidade.

1. ATIVIDADES DO CAECO

COMPOSIÇÃO DA DIRETORIA

Após a eleição e a posse da diretoria no dia 01 de maio de 2017, na sexta-feira, 06 de maio de 2017, os membros da gestão da Livre União Acadêmica, eleita para o mandato de 2017/2018, se reuniram para a eleição dos membros que comporiam a Diretoria do Centro Acadêmico Ari de Sá Cavalcante. Contudo ao longo da gestão os diretores Tauan Rocha e Pedro Saldanha tiveram que renunciar aos seus cargos de diretores e comunicaram ao diretor presidente. Em uma reunião informal a estudante Letícia Nohara foi eleita a nova diretora de eventos e a estudante Fláira Goes a diretora de assuntos estudantis.

  • Victor Cruz – Diretor-Presidente: Representante máximo da instituição. Responsável por coordenar todas as diretorias. É também o gestor dos principais projetos.
  • Emiler Bernardo – Diretor Vice-Presidente: Na ausência do Presidente é o representante máximo da instituição. Divide as responsabilidades com o Presidente, tanto ao coordenar as diretorias, quanto em gerir os principais projetos.
  • Isabel Rodrigues – Secretária Geral: Na ausência do Presidente e do Vice-Presidente é a representante máxima da instituição. Auxilia o Presidente e o Vice-Presidente na coordenação de diretorias, além de ajudar na gestão de projetos. É também a responsável por atas de reunião e ofícios.
  • Raul Morais – Diretor-Tesoureiro: Responsável pela captação de recursos, gerenciamento do caixa da instituição, prestação de contas mensais e uma anual, além de prezar pela manutenção do patrimônio.
  • Fláira Goes – Diretor de Assuntos Estudantis: É o responsável por questões estudantis. Tais como as carteirinhas, recepção dos calouros, trote, congressos estudantis e a divulgação de calendários acerca de bolsas de estudo.
  • Roberto Rodrigues – Diretora de Relações Públicas: Responsável pela comunicação do Centro Acadêmico com os estudantes, tanto através de redes sociais quanto através de comunicados diários e presenciais.
  • Daniel Batista – Diretor de Academia e Extensão: Responsável pela realização do Pré-Economia, Banco de Livros, Banco de Provas, além de aproximar os alunos da graduação e da pós-graduação. Também será responsável por promover debates dentro da universidade.
  • Carolina Morais – Diretora de Academia e Extensão: também responsável pela realização do Pré-Economia, Banco de Livros, Banco de Provas, além de aproximar os alunos da graduação e da pós-graduação. Também será responsável por promover debates dentro da universidade.
  • Letícia Nohara – Diretor de Eventos: Responsável pela realização do Churreco, Racha da Economia e pelas Rodas de Conversação. Além dos demais projetos que possam surgir durante a gestão.

 

EVENTOS REALIZADOS

Durante o primeiro trimestre da atual gestão, iniciamos e realizamos alguns projetos e atividades como os citados abaixo:

  • Pré-Economia: Semana de aulas oferecidas pelo os monitores do PET do CA com o intuito de reforçar o conteúdo de matemática e estatística do ensino médio.
  • 11 Rachas Esportivos: femininos, masculinos e mistos;
  • Mutirão de Entrega de Carteiras Estudantis;
  • LUA Acadêmica: Palestra ministrada pelo professor Dr. Jair do Amaral Filho sobre “Economia Brasileira”;
  • VI Churreco: Nossa tradicional festa de recepção para os bixos;
  • Bingo da Economia;
  • Contra-Muros: Roda de debate entre os estudantes para discutir sobre um tema especifico atual e significante na sociedade.

 

 REUNIÕES DO CONSELHO DEPARTAMENTAL

O Conselho Departamental é o órgão deliberativo máximo da FEAAC. Nele são aprovadas e retificadas todos as medidas administrativas de interesse de nossa faculdade, como: promoção de professores, criação de novas cadeiras, novos projetos de extensão, dentre outros.

O conselho é reunido mensalmente e composto pelos diretores da FEAAC, os coordenadores dos cursos, chefes de departamento e representantes discentes de cada CA. Assim, o Centro Acadêmico de Economia tem assento permanente e, desde 2014, comparece assiduamente as suas reuniões.

Listaremos, aqui, os pontos mais relevantes do que fora decidido nestas reuniões.

270ª Reunião do Conselho Departamental (29 de agosto de 2017)

            O conselho aprovou por unanimidade o processo do departamento de teoria econômica o curso de extensão “Capacitação para gestores públicos de cultura do estado do Ceará”, coordenado pela Professora Jacqueline Franco Cavalcante, aprovado ad referendum em 25 de julho por falta de quórum. O Professor André Vasconcelos, como relator da matéria, informou que o projeto teve suas atividades encerradas em junho de dois mil e dezessete.

            Aprovou também por unanimidade o processo do mesmo departamento a solicitação de promoção do Professor Carlos Américo Leite Moreira, do nível IV da Classe de Associado para a Classe de Titular, aprovado ad referendum em 25 de julho por falta de quórum. Foi discutido também a promoção do Professor Fábio Maia Sobral, do nível IV da classe de Adjunto, para o nível I da classe de Associado. O Professor André Vasconcelos, como relator da matéria, informou que a comissão, composta pelos Professores Eduardo Silveira Fontenele (Presidente), Maria Naiula Monteiro da Silva e Sebastião Carneiro de Almeida, analisou a documentação apresentada pelo professor e verificou que foi obtida uma pontuação acima da mínima exigida. Acrescentou, ainda, que a comissão considerou o referido professor apto a progredir.

271ª Reunião do Conselho Departamental (26 de setembro de 2017)

            O conselho aprovou por unanimidade o processo do departamento de teoria econômica a progressão funcional do Professor Sérgio Aquino de Souza do nível II para o nível III da classe de Professor Associado. O conselho aprovou o processo do mesmo departamento o projeto de pesquisa intitulado “Comércio exterior – Brasil – África Portuguesa”, coordenado pela Professora Inez Silvia Batista Castro. O Professor Christiano Penna, como relator da matéria, informou que o processo foi aprovado ad referendum em 19 de setembro. Acrescentou que o objetivo do projeto é avaliar a profundidade e o potencial das relações econômicas e diplomáticas entre Brasil e África Portuguesa, por meio da análise da evolução de indicadores econômicos de 1997 a 2017. Foi aprovado também o projeto de pesquisa intitulado “Hub de modelos de equilíbrio geral com auxílio do software livre GECON”, coordenado pelos Professores Christiano Modesto Penna e Ricardo Antônio de Castro Pereira

            O conselho aprovou por unanimidade o processo do departamento de economia aplicada o projeto de pesquisa intitulado “Taxa de câmbio e exportações líquidas: uma análise para os estados Brasileiros”, coordenado pelo Professor Elano Ferreira Arruda. O Professor Elano Arruda, como coordenador do projeto e relator da matéria, informou que o projeto analisa os impactos de curto e longo prazos das desvalorizações cambiais sobre as exportações líquidas totais, de básicos e de industrializados para um painel de estados brasileiros a partir da aplicação de modelos Panel Vector Autoregression (PVAR). Foi aprovado também o processo do mesmo departamento o projeto de pesquisa intitulado “Impactos setoriais dos gastos públicos nos salários reais: uma análise para os estados Brasileiros”, coordenado pelo Professor Elano Ferreira Arruda.

272ª Reunião do Conselho Departamental (31 de outubro de 2017)

            O conselho aprovou por unanimidade o processo do departamento de teoria econômica a progressão funcional do Professor Márcio Veras Correa do nível I para o nível II da classe de Professor Associado. O conselho aprovou também o processo do mesmo a solicitação de criação da disciplina ‘Tópicos especiais em economia monetária”, a ser ministrada pelo Professor José Coelho Matos Filho. O Professor André Vasconcelos, como relator da matéria, informou que a disciplina estava sendo criada para preencher uma lacuna observada nos cursos de graduação em economia.

            Foi aprovado também o processo do departamento de teoria econômica o curso de extensão intitulado Contabilidade e Administração Financeira para empreendimentos econômicos solidários, coordenado pelo Prof. André Vasconcelos Ferreira.      Além disso foi aprovado o projeto de pesquisa intitulado “Fatores de crescimento e de sustentabilidade da economia do Ceará”, coordenado pelo Professor Jair do Amaral Filho. O Professor André Vasconcelos, como relator da matéria, informou que o objetivo do projeto é realizar uma fotografia da situação recente do Ceará, mostrando a trajetória do desenvolvimento do estado identificando fatores, forças e resultados do processo de desenvolvimento no período de 1987 a 2016.

2. ATAS DE REUNIÕES DO CAECO

O Centro Acadêmico de Economia realiza periodicamente reuniões de seus membros e de sua diretoria para o acompanhamento de seus projetos e definições de suas atividades e atribuições.

Com o intuito de aumentar a transparência de nossa entidade, apresentaremos, aqui, a íntegra das atas dessas reuniões.

REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (07/08/2017)

DATA: 07/08/2017

HORA: 15:30 – 18:30
LOCAL: Av. Da Universidade, 2431 – Benfica, Fortaleza – CE, 60020-180, CA.       MEMBROS PRESENTES: Victor Cruz, Marcelo Campos, Carolina Morais, Daniel Batista, Isabel Rodrigues, Emiler Bernardo.
RELATOS DA REUNIÃO: Decidiu-se, primeiramente, que a atividade “Roda de conversação” será suspensa temporariamente, em virtude da falta de um grupo assíduo que possa manter a atividade ocorrendo com frequência. No entanto, os membros da diretoria concordaram quanto à importância da realização mais regular da “Roda de equidades”, agora com o nome de “Contra muros”, a qual ocorrerá uma vez por mês, sendo a estudante Nohara a voluntária responsável.

A fim de angariar fundos para o caixa do centro acadêmico e fornecer aos estudantes do curso de economia, como, também, para os estudantes dos outros cursos da FEAAC, estudou-se a possibilidade de o CAECO oferecer um curso de Excel pago, o qual teria maior carga horária e mais conteúdo. Além de vagas reservadas para bolsistas que comprovarem não poder arcar com a inscrição. Ainda buscando elevar o caixa, propôs-se uma rifa para a compra de uma caixa de som e conjunto de microfones para o CA.

Acerca dos eventos realizados pelo CA, a LUAcup deve ser realizada no primeiro mês de aula, data definida para o final de semana 30.09-01.10. A verificação da disponibilidade da quadra ficou a cargo do voluntário João Luís e devem-se procurar outros voluntários para ajudarem na organização no dia do evento. Quanto a calourada, o nome escolhido foi “calourada marginal”, prevista para ocorrer dia 22/09. Esse evento será uma parceria do CA com a LUAproduções, o CA ficará responsável pelas seguintes atribuições: definir nome, divulgação e mão de obra, como venda de ingressos (previamente e durante o evento), staff, bar, primeiros socorros.

No que tange a recepção dos ingressantes no curso de Economia, a Semana Zero, ocorrerá na primeira semana de aula, os dias serão definidos com o professor Elano. O slide para apresentação em sala de boas-vindas deve ser atualizado e devem ser escolhidos os membros do centro acadêmico que realizarão tal apresentação. Uma possível palestra do professor Jair do Amaral acontecerá pela tarde em algum dos dias. O Pré-Economia será realizado no decorrer de 6 dias, sendo as aulas ministradas durante esse período divididas entre: cálculo, estatística e introdução a economia. As referidas aulas serão lecionadas por voluntários do Centro Acadêmico e do PET Economia. O certificado de horas complementares será entregue aqueles que estiverem presentes, no mínimo, 4 dias, resultando em 12 horas complementares. Haverá também, o sorteio de um livro. O material para estudo elaborado pelo CA, juntamente com o PET, será previamente postado ou deixado na Xerox, para que os alunos tenham acesso. Por fim, o Churreco deve ser realizado na segunda semana de aula, lugar e data a serem definidos.

A ajuda do CA foi requisitada, pelo professor Paulo Neto e pela coordenação, para a organização de um mutirão de reforma da sala de leitura da FEAAC, a fim de torná-la mais agradável para os alunos dos cursos do bloco. O vice presidente, Emiler Bernardo, ficou a frente desse compromisso.

Das atividades da Diretoria de Extensão & Acadêmica, a diretora Carolina Morais ficou de responsabilidade: da elaboração do projeto da atividade LUA médio, o qual será apresentado à escola em que ocorrer a referida atividade, e da busca de um voluntário para tocar o projeto CA Solidário. Quanto ao Banco de Provas, os voluntários responsáveis já iniciaram a atualização e organização do Banco, são eles: Daniel, Benjamin, Luís Alexandre. Aqueles que tiverem provas para serem colocadas no banco devem enviar a foto da prova para que ela seja digitalizada para o Word.

No que se refere à Diretoria de Comunicação, o Formulário ficou de ser atualizado pelo presidente Victor Alan Cruz e o vice-presidente Emiler Bernardo e pretende-se que seja lançado na primeira semana de aula. O InfoLUA será divulgado no primeiro dia de aula, o presidente Victor Alan Cruz verificará com a antiga diretora se o mesmo foi finalizado. Os nomes propostos para substituir a Thaíza na Diretoria de Comunicação foram: Lorran e Roberto.

A homenagem para o Alan deve ocorrer por meio de uma solenidade na segunda semana de aula, dia 23/08, por voltas das 18h. Os possíveis locais onde fazer a placa, bem como a reforma do flanelógrafo do CA, ficaram a cargo da Isabel Rodrigues.

Relembrou-se a importância das reuniões fixas da Diretoria, as quais deveriam ocorrer na última sexta-feira de todos os meses. Visto que as mesmas não ocorreram no primeiro semestre, todos os membros presentes concordaram em manter as reuniões, a fim de torná-las efetivas nesse segundo semestre. A primeira deve ocorrer no dia 01/09, pelo período da tarde.

Propôs-se, também, a criação de uma caixa para ser deixada no Centro Acadêmico, na qual os estudantes poderão deixar, como doação, o material de cadeiras que já cursaram.

REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (01/09/2017)

Data: 01/09/2017

Hora: 13:00 – 17:00

Local: Av. da Universidade, 2431 – Benfica, Fortaleza – CE, 60020-180, sede do CAECO na FEAAC Nova.

Pessoas Ausentes: Sem membros ausentes.

Relatos Da Reunião: Iniciou-se a reunião com a leitura da Ata da reunião anterior, realizada no dia 07 de agosto. Acerca dos pontos debatidos na mesma, alguns dos estudantes então presentes mostraram interesse na volta da atividade “Roda de Conversação”. Checar a disponibilidade da quadra para a realização da LUAcup ficou sob responsabilidade do Tauan. A palestra sobre Economia Brasileira Contemporânea com o professor Jair do Amaral ficou confirma para o dia 05 de setembro. O Churreco será na casa do Tauan, no dia 09 de setembro.

No que tange ao projeto de reforma da sala de leitura da FEAAC velha, o responsável Emiler Bernardo ficou a cargo de buscar voluntários. A atividade CA Solidário, da diretora Carolina Morais, também precisa de voluntários, o estudante presente Celso Brunno se ofereceu para organizar a próxima ação, que será no abrigo São Lázaro. A diretoria de comunicação agora esta sob a responsabilidade do estudante Roberto Rodrigues, o qual irá substituir o atual diretor Marcelo Campos. A homenagem para o Alanilson deverá ocorrer no dia 27 de setembro, na sala do CA da FEAAC nova, o estudante Mateus Melo ficou encarregado da placa e de falar com a família do falecido aluno.

A fim de deixar os estudantes do curso de Economia a par das reuniões abertas da Diretoria, o calendário de reuniões será fixado no flanelógrafo do CA. Ainda buscando melhorar o ambiente acadêmico, a caixa de doações de material deve ser feita em breve e a ação deverá ser divulgada para que haja adesão dos estudantes.

Ao fim da leitura da ata, iniciaram-se os tópicos da presente reunião. Em virtude das alterações nos membros da diretoria do CAECO, o presidente Victor Cruz pretende divulgar uma circular com a nova equipe. Ainda sobre as alterações na diretoria, a diretoria de Relações Institucionais, antes do estudante Marcelo Campos, ficará a cargo do atual vice Emiler Bernardo e da voluntária Beatriz Morais.

Estabeleceu-se que o trote da noite seria realizado na aula do professor Giubran, com o qual checaremos a disponibilidade para o referido evento. A estudante Nohara concordou em ficar a frente da atividade “Roda de conversação” que deverá ocorrer uma vez por mês, com tema a ser definido pelos responsáveis.

O estudante Luís Henrique propôs uma pauta referente a atividades culturais realizadas pelo CAECO e sugeriu que fossem realizadas mais intervenções do CA nesse sentido, como por exemplo: música. Como já há um grupo na FEAAC que realiza esse tipo de atividade, com música especificamente, o grupo EVA, o CAECO ficou de entrar em contato com a Diretoria da Faculdade para saber mais sobre como o EVA age e se há possibilidade de uma ação conjunta.

No que se refere à transparência e comunicação, quanto a divulgação do InfoLUA, o presidente Victor Cruz informou estar tudo pronto para a divulgação. Já o formulário deve ser reajustado e divulgado junto com o InfoLUA, segunda-feira dia 04 de setembro. A diretoria de comunicação ficou encarregada de trabalhar para receber o selo de “responde rapidamente” do Facebook, a fim de tornar a comunicação entre o CA e os estudantes mais rápida e eficiente.

Voltando a pauta da reforma da sala de leitura, propôs-se a realização de uma cota, entre estudantes e professores, para ajudar a mesma.

Os alunos do primeiro semestre ainda presentes, nos forneceram um feedback do Pré-economia. Afirmaram que as aulas, no quesito conteúdo e monitores, foram boas e de certa forma essenciais para os alunos que chegam ao curso de economia com deficiências em assuntos básicos do ensino médio. No entanto, procuraremos realizar, nas próximas edições do Pré-economia, uma avaliação com os participantes acerca de suas opiniões sobre a atividade e, também, começar a fazer relatórios estatísticos sobre notas, desempenho e etc, tais relatórios ficaram a cargo do diretor Daniel Batista.

Em virtude da deficiência do curso quanto à evasão e reprovações, o CA pretende agir mais ativamente no acompanhamento dos estudantes ingressantes ao longo do primeiro semestre, cobrando do professor Gluaber (Economia Matemática I) as notas das avaliações, assim como, deixando no site da LUA um espaço disponível para a solicitação de mutirões para a resolução de questões.

Nesse contexto, o CA de Economia buscará incentivar o apreço dos estudantes pelo curso, a fim de mudar uma cultura existente acerca da dificuldade e impossibilidade de conclusão, o que se reflete em altos níveis de reprovação e evasão, não apenas por conta dos alunos, mas, também, pela estrutura curricular e postura de alguns professores. Complementarmente, por meio das atividades LUAmedio, agindo nas escolas e levando a universidade a ter mais contato com a sociedade, e Arcanjo, que agirá no interior da FEAAC com o acompanhamento dos estudantes, esperamos mudar positivamente a forma como o estudante de Economia se vê no curso, no que tange a responsabilidades e direitos,  e suas perspectivas futuras.

REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (29/09/2017)

Data: 29/09/2017

Hora: 13:30 – 17:00

Local: Av. da Universidade, 2431 – Benfica, Fortaleza – CE, 60020-180, sede do CAECO na FEAAC Nova.

Pessoas Ausentes: Victor Alan Cruz.

Relatos Da Reunião: A nova diretora de Assuntos Estudantis, Flaira Goes, sugeriu que o CA providenciasse uma mini farmácia, a estudante Nohara ficaria responsável por organizar, repor e manter a farmácia abastecida, com coisas simples como bandaid, algodão, mercholate e remédios para dor de cabeça, febre e etc. A diretoria votou e entrou-se no acordo de que, para o uso dos medicamentos exclusivamente, será necessário que o estudante que for usá-lo assine um termo de responsabilidade, a fim de evitar possíveis transtornos para o Centro Acadêmico.

Nesse contexto, o diretor de comunicação, Roberto Rodrigues, sugeriu que o CA proporcionasse aos estudantes do curso de Economia um curso gratuito de primeiros socorros. A responsabilidade de procurar o órgão ou instituição que possa realizar tal curso ficou a cargo do Roberto.

Visto o atraso quanto a homenagem para o Alan, o Raul Morais ficou responsável de falar com Mateus Melo e agilizar a compra da placa, caso não tenha sido nada resolvido. A outra placa, que deveria conter a história do Alan e o porquê da homenagem ficara para um momento posterior.

Quanto a LUAcup, o diretor Tauan, que havia ficado de checar a disponibilidade da quadra para o evento, informou que, devido ao campeonato cearense de futsal, não há como ter certeza quanto aos dias livres para a utilização da quadra, já que a prioridade é para o campeonato. Portanto, Tauan ficou de checar a disponibilidade da quadra do IFCE.

Por conta das recentes alterações na composição da diretoria, como acordado na reunião anterior, o CA lançara uma circular com os novos integrantes da diretoria do Centro Acadêmico, o Roberto é responsável por fazer e lançar.

A Isabel Rodrigues ficou a cargo de entrar em contato com os alunos Heitor Gabriel ou Samuel, que formaram a última comissão eleitoral, para conseguir uma nova cópia da ata de posse, visto que se perdeu a que pertencia ao CA.

A primeira edição do contra muros será atrelada a campanha do setembro amarelo, o tema abordara a depressão e o que vem antes do suicídio. O contra muros deverá ocorrer todas as terças. A data marcada para o primeiro encontro foi 10 de outubro, a Fláira ficou de entrar em contato com o Provida. Sugeriu-se que um trabalho mais amplo fosse realizado pelo CA no combate aos problemas abordados na campanha Setembro amarelo. O Tauan sugeriu que fizéssemos uma ação estilo confessionário, no qual haveria um ambiente reservado no qual qualquer pessoa poderia entrar e desabafar com uma outra pessoa anônima. Outras campanhas de conscientização como o Outubro rosa e o Novembro azul ficaram a cargo da Nohara, do Raul e da Flaira.

O InfoLUA e o Formulário devem ser publicados juntos e o mais rápido possível, o Emiler afirmou precisar apenas fazer algumas modificações no formulário, após isso, já deve estar pronto para ser publicado, tarefa que fica a cargo do Roberto.

Quanto a tentar reavivar o projeto Arcanjo, a diretoria entrou em consenso quanto a tentar focar nas necessidades mais urgentes dos estudantes, que consistem basicamente em ajuda com as cadeiras em curso. O CA, então, fornecera monitorias, que serão dadas por voluntários pré-estabelecidos e que estarão a disposição para tal função. Deverá haver uma publicação na página da LUA que forneça aos estudantes de Economia tanto o nome desses monitores quanto o e-mail, para que se possa entrar em contato com os mesmos e as monitorias sejam marcadas segundo a demanda dos estudantes, diretamente com os monitores.

Os voluntários são:

Emiler – estatística

Econometria 1 – Emiler, Daniel e Isabel

Calculo – Daniel e Roberto

Micro – Isabel

Macro – Benjamin, este foi uma indicação e ainda deverá ser consultado quanto a sua disponibilidade para tal função.

Definiu-se, também, que o CA reservara até o fim do semestre alguma sala, de preferência a 21, para a realização das referidas monitorias.

Quanto a caixa de doação de material, o Raul ficou responsável por comprar a caixa na qual serão deixados os materiais e a estudante Larissa Carneiro ficara responsável por organizar as doações, bem como cadastrar os estudantes que quiserem fazer algum empréstimo. Uma cópia da chave do armário deverá ser deixada com a Larissa para que ela, como única responsável, possa ter acesso sempre que necessário a caixa de doações.

Como o voluntario que havia ficado responsável pela próxima ação do CA Solidário não deu continuidade ao desenvolvimento da ação, a diretora Carol ficou responsável por ir atrás de outros lares para animais nos quais a atividade possa ser realizada.

A diretora Carol sugeriu que a diretoria mantivesse uma planilha no Excel com as tarefas de cada diretor e que a mesma fosse atualizada constantemente, segundo as atividades se desenvolvam, tanto a versão impressa, que deverá ser deixada no CA, quanto a digital. Busca-se, assim, gerar uma mais dinamização das atividades e responsabilidades de cada diretor, a fim de que não se acumulem funções para que o CA possa agir mais plenamente em suas responsabilidades. A tarefa de atualizar a planilha após cada reunião mensal ficou a cargo da própria Carol.

 Em virtude de já terem sido realizadas duas palestras para o LUA Acadêmica, a diretoria reconhece a necessidade de trazer, também, empresas. Portanto, o Tauan ficou responsável por tentar entrar em contato com os donos da Cookie Mania, a fim de convida-los para palestrar na FEAAC sobre como é tocar um negócio.

Quanto a reforma da sala de leitura, a Flaira ficou responsável por conseguir alguém que elabore o projeto de reforma, para que o mesmo seja apresentado posteriormente ao diretor Cabral.

 Os membros da diretoria concordaram quanto a necessidade de conscientizar os alunos que frequentam o CA quanto ao cuidado com os pertences do CAECO. Para tanto, serão colocadas placas de aviso, as quais serão feitas pela Flaira. Os diretores concordaram, também, em agir mais ativamente na conscientização e advertência dentro do CA.

Ainda visando manter o CAECO mais organizado, uma estante para guardar mochilas deve ser colocada ao lado da porta do lado direito, o Emiler e o Tauan ficaram de medir a área. Após isso, primeiramente, o CA devera consultar a diretoria da FEAAC para saber se há algum móvel de posse da UFC que possa ser alocado para a referida função. Caso não, Flaira e Raul ficarão encarregados de checar preços para que o CA compre o móvel.

Os membros presentes da diretoria questionaram quanto ao andamento da organização da Calourada da Economia, como o presidente Victor Cruz está à frente do evento, os diretores concordaram em cobrar do responsável informação acerco do evento.

Por fim, para que sejam preparados os certificados referentes as duas palestras já realizadas pela atividade LUA Acadêmica, a Carol ficou de falar com o Cruz sobre a elaboração dos certificados.

3. INFOLUA FINANCEIRO

Em cada nova edição deste informativo haverá uma seção dedicada a atualização da situação e dos gastos financeiros do CAECO para que, dessa forma, todos possam acompanhar a gestão de recursos e dar maior transparência a estes.

O Diretor-Tesoureiro, Raul Morais, é o responsável pela elaboração das planilhas bem como o controle dos recursos do Centro Acadêmico. Uma descrição mais detalhada sobre receitas e despesas específicas também poderá ser solicitada junto a diretoria.

FLUXO DE CAIXA

     

O PDF do InfoLUA de Maio a Julho pode ser baixado neste link.

2ª Edição – Maio a Julho de 2017

 

O InfoLUA é um boletim de informações que tem por objetivo apresentar aos estudantes associados ao CAECO as atividades do centro acadêmico. A ideia principal é criar um meio de comunicação entre o estudante de economia da Universidade Federal do Ceará e a entidade que o representa, Centro Acadêmico Ari de Sá Cavalcante.

Neste primeiro boletim constará as atividades realizadas no período de maio a julho de 2016, bem como informes sobre as reuniões das quais o Centro Acadêmico participou, a apresentação da Diretoria eleita e suas atribuições e por último um balanço financeiro do primeiro semestre da gestão da LUA em seu novo ano. Vale lembrar que os balanços serão divulgados em sua totalidade no final da gestão para a aprovação através de Assembleia Geral como definido no Estatuto Social de nossa entidade.

1. ATIVIDADES DO CAECO

ELEIÇÃO DA DIRETORIA

O Estatuto Social do CAECO UFC define em seu Artigo 27 as atribuições da diretoria como: a) Gerir o CAECO UFC como uma entidade eminentemente política e acadêmica. b) Cumprir e fazer cumprir o presente Estatuto. c) Representar publicamente a entidade. d) Organizar os arquivos e documentos da entidade. e) Elaborar prestações de contas semestral dos gastos e receitas, e elaborar anualmente balanço que deverá ser submetido à aprovação da Assembleia. f) Organizar a comunicação e a publicação das atividades do CAECO UFC. g) Convocar Assembleias nos termos desse Estatuto. h) Implementar deliberações das Assembleias. i) Representar os associados através dos poderes outorgados por meio da eleição conjunta realizada nos termos desse Estatuto, junto aos espaços de representação discente da Universidade, comprometendo-se a garantir o bom andamento das referidas atividades, bem como promover todos os esforços necessários para informá-los, através de comunicados e/ou relatórios de atividades.

Após a eleição e a posse da diretoria no dia 01 de maio de 2017, na sexta-feira, 06 de maio de 2017, os membros da gestão da Livre União Acadêmica, eleita para o mandato de 2017/2018, se reuniram para a eleição dos membros que comporiam a Diretoria do Centro Acadêmico Ari de Sá Cavalcante.

Após amplo debate, argumentação e votação, a diretoria ficou assim composta:

  • Victor Cruz – Diretor-Presidente: Representante máximo da instituição. Responsável por coordenar todas as diretorias. É também o gestor dos principais projetos.
  • Emiler Bernardo – Diretor Vice-Presidente: Na ausência do Presidente é o representante máximo da instituição. Divide as responsabilidades com o Presidente, tanto ao coordenar as diretorias, quanto em gerir os principais projetos.
  • Isabel Rodrigues – Secretária Geral: Na ausência do Presidente e do Vice-Presidente é a representante máxima da instituição. Auxilia o Presidente e o Vice-Presidente na coordenação de diretorias, além de ajudar na gestão de projetos. É também a responsável por atas de reunião e ofícios.
  • Raul Morais – Diretor-Tesoureiro: Responsável pela captação de recursos, gerenciamento do caixa da instituição, prestação de contas mensais e uma anual, além de prezar pela manutenção do patrimônio.
  • Pedro Saldanha – Diretor de Assuntos Estudantis: É o responsável por questões estudantis. Tais como as carteirinhas, recepção dos calouros, trote, congressos estudantis e a divulgação de calendários acerca de bolsas de estudo.
  • Thaíza Loiola – Diretora de Relações Públicas: Responsável pela comunicação do Centro Acadêmico com os estudantes, tanto através de redes sociais quanto através de comunicados diários e presenciais.
  • Daniel Batista – Diretor de Academia e Extensão: Responsável pela realização do Pré-Economia, Banco de Livros, Banco de Provas, além de aproximar os alunos da graduação e da pós-graduação. Também será responsável por promover debates dentro da universidade.
  • Carolina Morais – Diretora de Academia e Extensão: também responsável pela realização do Pré-Economia, Banco de Livros, Banco de Provas, além de aproximar os alunos da graduação e da pós-graduação. Também será responsável por promover debates dentro da universidade.
  • Tauan Rocha – Diretor de Eventos: Responsável pela realização do Churreco, Racha da Economia e pelas Rodas de Conversação. Além dos demais projetos que possam surgir durante a gestão.
  • Marcelo Campos – Assessoria especial de Relações Institucionais – Responsável por representar o CAECO nas reuniões de Departamento e Conselho da FEAAC.

ATUALIAZAÇÃO:

Os diretores Marcelo Campos e Thaíza Loiola tiveram que renunciar aos seus cargos de diretoria e comunicaram ao diretor presidente. Em reunião o estudante Roberto Rodrigues foi eleito o novo diretor de relações públicas. Enquanto a diretoria de relações institucionais foi extinta.

 

EVENTOS REALIZADOS

Durante o primeiro trimestre da atual gestão, iniciamos e realizamos alguns projetos e atividades como os citados abaixo:

  • 16 Rachas Esportivos: femininos, masculinos e mistos;
  • VolEco: Racha de vôlei da economia;
  • Trending Economics: Roda de conversação em inglês entre os alunos de Economia com discussões variadas como “Migration Crisis”, “Genetically modified”;
  • III ECOFIN: Tradicional semana de economia e finanças, a qual contou com a presença de economistas ilustres e formadores de opiniões nacionais tais quais Marcos Mendes da Fazenda, Adolfo Saschida e o editor da Revista Superinteressante, autor do livro Crash, Alexandre Versignassi;
  • LUA Acadêmica: Palestra ministrada pela professora Doutora Inez Castro sobre “Protecionismo e Indústria Nacional”;
  • Happy Hour da Economia: Nossa já tradicional festa de encerramento de semestre no 4:15 Bar com a realização de um bingo;
  • Mutirão de Entrega de Carteiras Estudantis
    • REUNIÕES DO CONSELHO DEPARTAMENTAL

O Conselho Departamental é o órgão deliberativo máximo da FEAAC. Nele são aprovadas e retificadas todos as medidas administrativas de interesse de nossa faculdade, como: promoção de professores, criação de novas cadeiras, novos projetos de extensão, dentre outros.

O conselho é reunido mensalmente e composto pelos diretores da FEAAC, os coordenadores dos cursos, chefes de departamento e representantes discentes de cada CA. Assim, o Centro Acadêmico de Economia tem assento permanente e, desde 2014, comparece assiduamente as suas reuniões.

Listaremos, aqui, os pontos mais relevantes do que fora decidido nestas reuniões.

 

268ª Reunião do Conselho Departamental (30 de maio de 2017)

O conselho aprovou por unanimidade o processo do Departamento de Economia Aplicada para a cessão do Prof. João Mario dos Santos de França para o Governo do Estado do Ceará, onde exercerá a função de Diretor do IPECE, sem prejuízo às atividades acadêmicas. Também a aprovou matéria do mesmo departamento para a reabertura de turma do mestrado profissional em Economia do Setor Público para o semestre 2017.2. E ainda aprovou o afastamento do Prof. José Raimundo de Araújo Carvalho Junior para participar do seminário “7th Annual Meeting of America Latina Crime and Policy Network”, na Universidade do Chile, de 14 a 17 de junho do corrente ano.

269ª Reunião do Conselho Departamental (27 de junho de 2017)

O Conselho aprovou por unanimidade o seguinte processo do Departamento de Economia Aplicada: Renovação do Projeto de Pesquisa intitulado: “Análise empírica da função de reação do Banco Central do Brasil no período de 2003-2015: uma abordagem em threshold”, dos Professores Francisco José Sales Rocha e Átila Amaral Brilhante. O Professor Guilherme Diniz, como relator da matéria, informou que os Professores não conseguiram concluir o projeto no tempo previsto, e que estavam solicitando a renovação do projeto para concluí-lo.

O Conselho aprovou também por unanimidade os seguintes processos do Departamento de Teoria Econômica: Projeto de pesquisa intitulado “Análise econômica cearense e das mudanças na sua estrutura industrial no contexto nordestino”, coordenado pelo Professor José Fernando Pires de Sousa. Também aprovou a solicitação de afastamento do país do Professor Gil Célio de Castro Cardoso, para participar do Congresso internacional em governo, administração e políticas públicas, no período de vinte e cinco a vinte e oito de setembro, em Madri-Espanha. Aprovada também a solicitação de afastamento do país da Professora Mônica Alves Amorim, para realizar treinamento para diretores do instituto Confúcio (Hanban), no período de cinco a dezenove de julho, em Beijing-China. Foi solicitada também a de interrupção de afastamento total para cursar doutorado, da Professora Mônica Alves Amorim, tendo em vista a aceitação da docente para assumir a Direção do Instituto Confúcio. Foi homologada a comissão especial julgadora para análise da promoção do Professor Carlos Américo Leite Moreira, do nível IV da Classe de Associado para a Classe de Titular. Foi solicitada também a progressão funcional do Professor José Coelho Matos Filho, do nível III para o nível IV da classe de Associado.

 

2. ATAS DE REUNIÕES DO CAECO

O Centro Acadêmico de Economia realiza periodicamente reuniões de seus membros e de sua diretoria para o acompanhamento de seus projetos e definições de suas atividades e atribuições.

Com o intuito de aumentar a transparência de nossa entidade, apresentaremos, aqui, a íntegra das atas dessas reuniões.

 

REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (14/05/2016)

Data: 14/05/2016

Hora: 14:00 às 18:00

Local: Rua Eduardo Garcia, 757, apartamento 6, Aldeota, Fortaleza-CE.

Pessoas Presentes: Emiler Ferreira Bernardo, Victor Alan Lima da Cruz, Ana Beatriz Rego de Sá Barreto, Marto Pinheiro, Tauan Rocha do Amaral, Flaira Viana Góes, Tulio Veras, Marcelo Campos.

Relatos Da Reunião: O presidente deu por iniciado a reunião discutindo o projeto do espaço de convivência. Ficou decidido que até o início do semestre 2016.2 teríamos um pré-projeto financeiro e arquitetônico do espaço. Após isso, formaremos uma equipe para implementação após uma conversa com o Cabral, o diretor da FEAAC.

Em seguida, foi colocada em pauta a Ecofin: antes do fim das férias e início do semestre 2016.2 teremos uma reunião interna da economia e posteriormente uma reunião com a finanças.

Posteriormente, foi discutida todas as ações das diretorias e presidência da gestão. Foram divididos entre as diretorias todos os planos de ação propostos durante a eleição e mantido aqueles que foram bem-sucedidos.

O InfoLua ficou uma atribuição da diretoria de comunicação, de preferência com balanços mensais, e no máximo semestrais.

A diretoria de Assuntos Estudantis ficou responsável por articular a semana zero, com apresentação do EVA e além disso foi articulado o funcionamento dos debates sobre equidades. Sobre estágios, ficou decidido que o Centro acadêmico incentivara e divulgara os estágios postados no grupo do facebook da agencia de estágios da UFC.

Na diretoria financeira, o único assunto debatido que incentivaremos a volta da contribuição mensal voluntária para o centro acadêmico no valor de R$5,00.

Na diretoria acadêmica, ficou decidido um curso de oratória promovido pelo Centro acadêmico para os alunos. Além disso, ficou de decidido que no mês de férias teremos uma reunião para articulação do pré-economia. O observatório da LUA, foi articulado a palestra da FIEC.

Na diretoria de cultura esporte, ficou decidido que no semestre 2016.2 teremos um torneio. Além disso, decidimos os dias que ocorrerá o Cine CA.

Na diretoria de extensão decidimos que no semestre 2016.2 teremos uma visita técnica no banco palmas.

Após ouvir todas as partes, o presidente deu por encerrado a reunião.

 

REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (26/05/2017)

Data: 26/05/2017

Hora: 14:00 – 18:00

Local: Av. da Universidade, 2431 – Benfica, Fortaleza – CE, 60020-180, sede do CAECO na FEAAC Nova.

Pessoas Presentes: Victor Cruz, Marcelo Campos, Raul Morais, Carolina Morais, Thaiza Loiola, Daniel Batista, Isabel Rodrigues, Pedro Saldanha.

Relatos Da Reunião: Primeiramente, o Presidente Victor Cruz apresentou as diretorias da gestão e seus respectivos projetos, com o intuito de que os voluntários fossem alocados. Iniciou-se pela diretoria de Extensão & Acadêmica, dos diretores responsáveis Carolina Morais e Daniel Batista. Quanto ao projeto LuaMedio, debateu-se acerca do andamento da organização do projeto, como: os temas que serão apresentados, a quantidade de horas-aula para cada edição do projeto, a aplicação de testes (no início e no fim da atividade) para avaliar o desempenho dos estudantes no decorrer do curso e a efetividade do projeto. Buscou-se, também, definir as metas da atividade, entre elas: focar na apresentação da Economia como uma ciência aplicada a vida cotidiana dos estudantes. As diversas aulas ministradas na atividade serão divididas em módulos, que terão como objetivo mostrar a Economia de forma mais interessante para os estudantes do ensino médio.

Ainda da diretoria de Extensão & Acadêmica, quanto ao projeto LUAMarket e LuaAcadêmica, abordou-se a urgência da realização de atividades ligadas a ambos os projetos. O projeto Banco de Provas já foi designado para três voluntários, sendo eles: Luiz Alexandre, Benjamin Beckmann e Barbara Sales, que ficaram responsáveis por organizar, digitalizar e buscar as provas de professores que ainda não constam no Banco de Provas.

O Diretor Marcelo Campos indicou, para acompanhá-lo nas reuniões de departamento e coordenação os estudantes: Daniel Batista, Pedro Lorran, Levi de Castro e Luiz Alexandre. Em seguida, o Presidente Victor Alan Lima da Cruz comunicou a necessidade de se reformar o flanelógrafo do CA, a fim de dividi-lo em três áreas, duas fixas para informativos do InfoLUA e LUA Bolsas e Estágios, e a terceira para avisos diversos.

Com o intuito de instruir os Diretores quanto aos processos burocráticos referentes as atividades do CA, apresentou-se como elaborar ofícios. Além de salientar a importância de cada diretor se responsabilizar pela elaboração de ofícios referentes aos projetos de suas respectivas diretorias.

Efetuou-se, entre os membros da Diretoria, uma avaliação sobre o CA acerca dos pontos: (i) Organização, manter as obrigações dentro das diretorias específicas as mesmas; (ii) Comunicação, melhorar a comunicação interna, por meio da maior utilização do flanelógrafo e lousa para avisos, bem como, vídeos trimestrais sobre as atividades desenvolvidas a ser divulgado junto com o InfoLUA e mais atividade no grupo da LUA no Facebook; (iii) Divulgação, aumentar a periodicidade da divulgação de eventos, assembleias, etc; (iv) Reuniões abertas, determinar um dia fixo mensal para a realização de reuniões abertas, sendo sugerida que tais reuniões ocorressem na última sexta de cada mês ás 17 horas, no CA.

Por fim, discutiu-se as possibilidades para angariar fundos para o caixa do CA, entre elas a venda de rifas e oferta minicursos pagos. O tema de cada minicurso será definido segundo a demanda dos estudantes do curso de Economia, a ser avaliada por meio de um formulário que será divulgado na página do CA. O formulário será dividido em quatro módulos, entre eles estará incluído, também, uma pesquisa de opinião quanto a gestão.

Os módulos serão:

  • Informações pessoais: Nome, matrícula, turma, semestre.
  • Estrutura do CA e atendimento.
  • Academia: avaliação da demanda dos estudantes.
  • Projetos do CA: observar quais projetos do CA os estudantes estariam mais interessados em participar.

A verba obtida por meio dessas atividades será usada para melhorias no CA, como: a compra de um totó, um porta-mochila, um conversor digital e antena para a TV.

 

REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (22/07/2016)

Data: 07/08/2017

Hora: 15:30 – 18:30

Local: Av. da Universidade, 2431 – Benfica, Fortaleza – CE, 60020-180, sede do CAECO na FEAAC Nova.

Pessoas Presentes: Victor Cruz, Marcelo Campos, Carolina Morais, Daniel Batista, Isabel Rodrigues, Emiler Bernardo.

Relatos Da Reunião: Decidiu-se, primeiramente, que a atividade “Roda de conversação” será suspensa temporariamente, em virtude da falta de um grupo assíduo que possa manter a atividade ocorrendo com frequência. No entanto, os membros da diretoria concordaram quanto à importância da realização mais regular da “Roda de equidades”, agora com o nome de “Contra muros”, a qual ocorrerá uma vez por mês, sendo a estudante Nohara a voluntária responsável.

A fim de angariar fundos para o caixa do centro acadêmico e fornecer aos estudantes do curso de economia, como, também, para os estudantes dos outros cursos da FEAAC, estudou-se a possibilidade de o CAECO oferecer um curso de Excel pago, o qual teria maior carga horária e mais conteúdo. Além de vagas reservadas para bolsistas que comprovarem não poder arcar com a inscrição. Ainda buscando elevar o caixa, propôs-se uma rifa para a compra de uma caixa de som e conjunto de microfones para o CA.

Acerca dos eventos realizados pelo CA, a LUAcup deve ser realizada no primeiro mês de aula, data definida para o final de semana 30.09-01.10. A verificação da disponibilidade da quadra ficou a cargo do voluntário João Luís e devem-se procurar outros voluntários para ajudarem na organização no dia do evento. Quanto à calourada, o nome escolhido foi “calourada marginal”, prevista para ocorrer dia 22/09. Esse evento será uma parceria do CA com a LUAproduções, o CA ficará responsável pelas seguintes atribuições: definir nome, divulgação e mão de obra, como venda de ingressos (previamente e durante o evento), staff, bar, primeiros socorros.

No que tange a recepção dos ingressantes no curso de Economia, a Semana Zero, ocorrerá na primeira semana de aula, os dias serão definidos com o professor Elano. O slide para apresentação em sala de boas-vindas deve ser atualizado e devem ser escolhidos os membros do centro acadêmico que realizarão tal apresentação. Uma possível palestra do professor Jair do Amaral acontecerá pela tarde em algum dos dias. O Pré-Economia será realizado no decorrer de 6 dias, sendo as aulas ministradas durante esse período divididas entre: cálculo, estatística e introdução a economia. As referidas aulas serão lecionadas por voluntários do Centro Acadêmico e do PET Economia. O certificado de horas complementares será entregue aqueles que estiverem presentes, no mínimo, 4 dias, resultando em 12 horas complementares. Haverá também, o sorteio de um livro. O material para estudo elaborado pelo CA, juntamente com o PET, será previamente postado ou deixado na Xerox, para que os alunos tenham acesso. Por fim, o Churreco deve ser realizado na segunda semana de aula, lugar e data a serem definidos.

A ajuda do CA foi requisitada, pelo professor Paulo Neto e pela coordenação, para a organização de um mutirão de reforma da sala de leitura da FEAAC, a fim de torná-la mais agradável para os alunos dos cursos do bloco. O vice-presidente, Emiler Bernardo, ficou à frente desse compromisso.

Das atividades da Diretoria de Extensão & Acadêmica, a diretora Carolina Morais ficou de responsabilidade: da elaboração do projeto da atividade LUA médio, o qual será apresentado à escola em que ocorrer a referida atividade, e da busca de um voluntário para tocar o projeto CA Solidário. Quanto ao Banco de Provas, os voluntários responsáveis já iniciaram a atualização e organização do Banco, são eles: Daniel, Benjamin, Luís Alexandre. Aqueles que tiverem provas para serem colocadas no banco devem enviar a foto da prova para que ela seja digitalizada para o Word.

No que se refere à Diretoria de Comunicação, o Formulário ficou de ser atualizado pelo presidente Victor Alan Cruz e o vice-presidente Emiler Bernardo e pretende-se que seja lançado na primeira semana de aula. O InfoLUA será divulgado no primeiro dia de aula, o presidente Victor Alan Cruz verificará com a antiga diretora se o mesmo foi finalizado. Os nomes propostos para substituir a Thaíza na Diretoria de Comunicação foram: Lorran e Roberto.

A homenagem para o Alan deve ocorrer por meio de uma solenidade na segunda semana de aula, dia 23/08, por voltas das 18h. Os possíveis locais onde fazer a placa, bem como a reforma do flanelógrafo do CA, ficaram a cargo da Isabel Rodrigues.

Relembrou-se a importância das reuniões fixas da Diretoria, as quais deveriam ocorrer na última sexta-feira de todos os meses. Visto que as mesmas não ocorreram no primeiro semestre, todos os membros presentes concordaram em manter as reuniões, a fim de torná-las efetivas nesse segundo semestre. A primeira deve ocorrer no dia 01/09, pelo período da tarde.

Propôs-se, também, a criação de uma caixa para ser deixada no Centro Acadêmico, na qual os estudantes poderão deixar, como doação, o material de cadeiras que já cursaram.

 

 

3. INFOLUA FINANCEIRO

Em cada nova edição deste informativo haverá uma seção dedicada a atualização da situação e dos gastos financeiros do CAECO para que, dessa forma, todos possam acompanhar a gestão de recursos e dar maior transparência a estes.

O Diretor-Tesoureiro, Raul Morais, é o responsável pela elaboração das planilhas bem como o controle dos recursos do Centro Acadêmico. Uma descrição mais detalhada sobre receitas e despesas específicas também poderá ser solicitada junto a diretoria.

 

 

 

O PDF do InfoLUA de Maio a Julho pode ser baixado neste link.

1ª Edição – Maio a Julho de 2016

 

O InfoLUA é um boletim de informações que tem por objetivo apresentar aos estudantes associados ao CAECO as atividades do centro acadêmico. A ideia principal é criar um meio de comunicação entre o estudante de economia da Universidade Federal do Ceará e a entidade que o representa, Centro Acadêmico Ari de Sá Cavalcante.

Neste primeiro boletim constará as atividades realizadas no período de maio a julho de 2016, bem como informes sobre as reuniões das quais o Centro Acadêmico participou, a apresentação da Diretoria eleita e suas atribuições e por último um balanço financeiro do primeiro semestre da gestão da LUA em seu novo ano. Vale lembrar que os balanços serão divulgados em sua totalidade no final da gestão para a aprovação através de Assembleia Geral como definido no Estatuto Social de nossa entidade.

1. ATIVIDADES DO CAECO

 

1.1. ELEIÇÃO DA DIRETORIA

O Estatuto Social do CAECO UFC define em seu Artigo 27 as atribuições da diretoria como: a) Gerir o CAECO UFC como uma entidade eminentemente política e acadêmica. b) Cumprir e fazer cumprir o presente Estatuto. c) Representar publicamente a entidade. d) Organizar os arquivos e documentos da entidade. e) Elaborar prestações de contas semestral dos gastos e receitas, e elaborar anualmente balanço que deverá ser submetido à aprovação da Assembleia. f) Organizar a comunicação e a publicação das atividades do CAECO UFC. g) Convocar Assembleias nos termos desse Estatuto. h) Implementar deliberações das Assembleias. i) Representar os associados através dos poderes outorgados por meio da eleição conjunta realizada nos termos desse Estatuto, junto aos espaços de representação discente da Universidade, comprometendo-se a garantir o bom andamento das referidas atividades, bem como promover todos os esforços necessários para informá-los, através de comunicados e/ou relatórios de atividades.

Após a eleição e a posse da diretoria no dia 01 de maio de 2016, na sexta-feira, 06 de maio de 2016, os membros da gestão da Livre União Acadêmica, eleita para o mandato de 2016/2017, se reuniram para a eleição dos membros que comporiam a Diretoria do Centro Acadêmico Ari de Sá Cavalcante.
Após amplo debate, argumentação e votação, a diretoria ficou assim composta:

  • Victor Cruz – Diretor-Presidente: Representante máximo da instituição. Responsável por coordenar todas as diretorias. É também o gestor dos principais projetos.
  • Ana Beatriz Barreto – Diretora-Vice-Presidente: Na ausência do Presidente é a representante máxima da instituição. Divide as responsabilidades com o Presidente, tanto ao coordenar as diretorias, quanto em gerir os principais projetos.
  • Emiler Bernardo – Secretário Geral: Na ausência do Presidente e da Vice-Presidente é o representante máximo da instituição. Auxilia o Presidente e a Vice-Presidente na coordenação de diretorias, além de ajudar na gestão de projetos. É também o responsável por atas de reunião e ofícios.
  • Tulio Veras – Diretor-Tesoureiro: Responsável pela captação de recursos, gerenciamento do caixa da instituição, prestação de contas mensais e uma anual, além de prezar pela manutenção do patrimônio.
  • Luís Carlos – Diretor de Assuntos Estudantis: É o responsável por questões estudantis. Tais como as carteirinhas, recepção dos calouros, trote, congressos estudantis e a divulgação de calendários acerca de bolsas de estudo.
  • Marcelo Campos – Diretor de Comunicação: Responsável pela comunicação do Centro Acadêmico com os estudantes, tanto através de redes sociais quanto através de comunicados diários e presenciais.
  • Fláira Góes – Diretoria de Gestão de Pessoas: Responsável por manter o ambiente estável e aprazível no Centro Acadêmico, além disso, articula decisões entre os membros da chapa.
  • Marto Pinheiro – Diretor de Área Acadêmica: Responsável pela realização do Pré-Economia, Banco de Livros, Banco de Provas, além de aproximar os alunos da graduação e da pós-graduação. Também será responsável por promover debates dentro da universidade.
  • Tauan Rocha – Diretor de Cultura e Esporte: Responsável pela realização do Churreco, Racha da Economia, Cine CA e pelas Rodas de Conversação. Além dos demais projetos que possam surgir durante a gestão.
  • Laís Leite – Diretora de Extensão: Responsável pela realização do CA Solidário, realização de visitas técnicas e estreitar laços entre Universidade e Empresas.

 

1.2. EVENTOS REALIZADOS

 

Durante o primeiro semestre da atual gestão, a gestão eleita procurou colocar em práticas os projetos e os compromissos assumidos na eleição. Dessa forma, além de iniciar pré-projetos das demais atividades, foi possível realizar um grande número de eventos e propostas feitas pela LUA, dentre elas:

  • 2 Cines CA: exibição de filmes elegidos no grupo de Facebook Ciências Econômicas (O Preço do Amanhã e Freakconomics)
  • 6 Exibições de Game of Thrones
  • 9 Rachas Esportivos: femininos, masculinos e mistos
  • 2 Diálogos sobre Equidade: “Violência Contra a Mulher e a Importância do Feminismo” e “ Intolerância Religiosa: De Choques Culturais a Extremismos Religiosos”
  • 4 Rodas de Conversação: Discussões em inglês sobre assuntos variados como “Merges & Acquisitions” e “Brexit”
  • 3 Eventos LUA Market: apresentação do “Programa Novos Talentos” da Deloitte, apresentação das oportunidades de trabalho junto à AIESEC e Workshop de “Oratória para Negociações e Vendas” pela Parle Consultoria
  • 1 Observatório da LUA: palestra ministrada pelo economista da FIEC Guilherme Muchale sobre “Indústria Cearense – Competitividade e Inserção no Mercado Global”
  • Mutirão de Entrega de Carteiras Estudantis

 

1.3. REUNIÕES DO CONSELHO DEPARTAMENTAL

 

O Conselho Departamental é o órgão deliberativo máximo da FEAAC. Nele são aprovadas e retificadas todos as medidas administrativas de interesse de nossa faculdade, como: promoção de professores, criação de novas cadeiras, novos projetos de extensão, dentre outros.
O conselho é reunido mensalmente e composto pelos diretores da FEAAC, os coordenadores dos cursos, chefes de departamento e representantes discentes de cada CA. Assim, o Centro Acadêmico de Economia tem assento permanente e, desde 2014, comparece assiduamente as suas reuniões.
Listaremos, aqui, os pontos mais relevantes do que fora decidido nestas reuniões.

1.3.1. 257ª Reunião do Conselho Departamental (31 de maio de 2016)

O conselho aprovou por unanimidade o processo do Departamento de Teoria Econômica de criação da disciplina optativa de “Macroeconomia Pós-Keynesiana”, que inicialmente seria ministrada pela Professora Inez Castro. Também foi aprovado por unanimidade o projeto de pesquisa do Prof. Gil Célio de Castro, intitulado “Las Inovaciones em la Politica Económica Regional em el Nordeste de Brasil: Instituiciones, Desarrolo, Sustentabilidad y Capital Social”. Ainda do DTE foram aprovadas por unimidade a progressão funcional da Profa. Eveline Barbosa e a promoção do Prof. Fernando Pires. Do Departamento de Economia Aplicada foi aprovada a progressão funcional do Prof. João Mario Santos.

1.3.2. 258ª Reunião do Conselho Departamental (28 de junho de 2016)

O Conselho aprovou por unanimidade os seguintes processos do Departamento de Teoria Econômica: Projeto de Pesquisa intitulado: “Análise empírica da função de reação do Banco Central do Brasil no período de 2003-2015: uma abordagem em threshold”, dos Professores Francisco José Sales Rocha, Átila Amaral Brilhante e Cristiano da Costa da Silva, que iniciou em julho de 2016 e encerra em julho de 2017; Relatório do projeto de pesquisa dos Professores Francisco José Sales Rocha, Átila Amaral Brilhante e Ricardo Chaves Lima (UFPE) intitulado: “Política monetária e inflação no Brasil no período pós-crise de 2008: uma abordagem barvec”. O produto da pesquisa foi um artigo que encontra-se submetido à revista qualis B2 em economia da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe – CEPAL; Renovação do Projeto de pesquisa: “Sustentabilidade do endividamento público brasileiro: uma avaliação por splines penalizados” dos Professores: Glauber Nojosa e Fabrício Carneiro Linhares; e Relatório final do projeto de pesquisa: “A variabilidade do efeito fair play força política: uma análise para os municípios brasileiros” dos Professores Glauber Marques Nojosa e Fabrício Carneiro Linhares. O produto final do projeto foi um artigo que se encontra submetido na revista B1 em economia da PPE.
Do Departamento de Teoria Econômica foram aprovados também por unanimidade: a criação da disciplina optativa “Macroeconomia Novo-Clássica e Novo-Keynesiana” que visa fornecer aos discentes uma introdução ao modelo DSGE; e a Homologação da Promoção do Professor Fernando José Pires de Sousa de Professor Associado para Professor Titular.

1.3.3. 259ª Reunião do Conselho Departamental (26 de julho de 2016)

O conselho aprovou por unanimidade os processos do Departamento de Economia Aplicada referentes as promoções da Professora Sandra Maria dos Santos, de professor Associado para professor Titular, e do Professor Flávio Ataliba de professor Associado para professor Titular, ambas consoantes aos critérios descritos na Resolução nº 25 do CEPE.

1.4. REUNIÕES DO CONSELHO DE SEGURANÇA

 

Em dois encontros realizados no bloco da diretoria da FEAAC conjuntamente a um conselho formado por representantes de cada Centro Acadêmico, de cada Empresa Júnior, professores, servidores e a diretoria da FEAAC; foi pautada a crescente violência nos arredores da faculdade e, às vezes, dentro dela. Diversos pontos foram debatidos entre o conselho, que no momento se encontra em fase de debate de novas alternativas.
Até o momento ficou decidido que o professor Cristiano Pena, do Departamento de Teoria Econômica, realizará uma pesquisa juntamente aos seus bolsistas. Tal pesquisa será posteriormente divulgada entre os alunos. A ideia é criar uma base estatística forte, tanto para o corpo discente e docente, quanto para haver uma pressão mais empírica por segurança perante as autoridades responsáveis.

2. ATAS DE REUNIÕES DO CAECO

 

O Centro Acadêmico de Economia realiza periodicamente reuniões de seus membros e de sua diretoria para o acompanhamento de seus projetos e definições de suas atividades e atribuições.
Com o intuito de aumentar a transparência de nossa entidade, apresentaremos, aqui, a íntegra das atas dessas reuniões.

2.1. REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (14/05/2016)

 

Data: 14/05/2016
Hora: 14:00 às 18:00
Local: Rua Eduardo Garcia, 757, apartamento 6, Aldeota, Fortaleza-CE.

Pessoas Presentes: Emiler Ferreira Bernardo, Victor Alan Lima da Cruz, Ana Beatriz Rego de Sá Barreto, Marto Pinheiro, Tauan Rocha do Amaral, Fláira Viana Góes, Túlio Veras, Marcelo Campos.

Relatos Da Reunião: O presidente deu por iniciado a reunião discutindo o projeto do espaço de convivência. Ficou decidido que até o início do semestre 2016.2 teríamos um pré-projeto financeiro e arquitetônico do espaço. Após isso, formaremos uma equipe para implementação após uma conversa com o Cabral, o diretor da FEAAC.
Em seguida, foi colocada em pauta a Ecofin, antes do fim das férias e início do semestre 2016.2 teremos uma reunião interna da economia e posteriormente uma reunião com a finanças.
Posteriormente, foi discutida todas as ações das diretorias e presidência da gestão. Foi divido entre as diretorias todos os planos de ação propostos durante a eleição e mantido aqueles que foram bem-sucedidos.
O InfoLUA ficou uma atribuição da diretoria de comunicação, de preferência com balanços mensais, e no máximo semestrais.
A diretoria de Assuntos Estudantis ficou responsável por articular a semana zero, com apresentação do EVA e além disso foi articulado o funcionamento dos debates sobre equidades. Sobre estágios, ficou decidido que o Centro acadêmico incentivara e divulgara os estágios postados no grupo do facebook da agencia de estágios da UFC.
Na diretoria financeira, o único assunto debatido que incentivaremos a volta da contribuição mensal voluntária para o centro acadêmico no valor de R$5,00.
Na diretoria acadêmica, ficou decidido um curso de oratória promovido pelo Centro acadêmico para os alunos. Além disso, ficou de decidido que no mês de férias teremos uma reunião para articulação do pré-economia. O observatório da LUA, foi articulado a palestra da FIEC.
Na diretoria de cultura esporte, ficou decidido que no semestre 2016.2 teremos um torneio. Além disso, decidimos os dias que ocorrerá o Cine CA.
Na diretoria de extensão decidimos que no semestre 2016.2 teremos uma visita técnica no banco palmas.
Após ouvir todas as partes, o presidente deu por encerrado a reunião.

2.2. REUNIÃO ABERTA DO CAECO (17/05/2016)

 

Data: 17/05/2016
Hora: 17:00 às 18:30
Local: Av. da Universidade, 2431 – Benfica, Fortaleza – CE, 60020-180, Auditório Geraldo Nobre.

Pessoas Presentes: Anexo de Assinaturas.

Relatos Da Reunião: O presidente deu abertura a reunião colocou em discussão a problemática de transporte para o Encontro Nacional dos Estudantes de Economia. A Universidade Federal do Ceará argumentou um custo total de R$65.000,00 para a não disponibilização de ônibus para o transporte dos alunos. Ficou decidido que o Centro acadêmico, junto com outros estudantes de economia, buscará marcar uma reunião com diretoria de infraestrutura da UFC e a diretoria da FEAAC para debater o valor e os reais motivos para não disponibilidade. Além disso, o estudante de economia, Lucas Melo, ficou responsável por buscar junto dos outros Centros acadêmicos apoio para a articulação de um movimento de reivindicação por transporte. A estudante Adeylana, também do curso de economia, ficou responsável por buscar outros orçamentos junto a empresas do setor de transportes.
Depois disso, os diretores da gestão apresentaram os projetos alocados em suas respectivas diretorias. Bem como o planejamento, andamento e projetos futuros já decididos em reunião prévia.
Após ouvir todas as partes, o presidente agradeceu a presença de todos e deu a reunião por encerrado.

2.3. REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (22/07/2016)

 

Data: 22/07/2016
Hora: 15:00 às 18:30
Local: Rua Eduardo Garcia, 757, apartamento 6, Aldeota, Fortaleza-CE.

Pessoas Presentes: Victor Alan Lima da Cruz, Ana Beatriz Rego de Sá Barreto, Marto Pinheiro, Tauan Rocha do Amaral, Flaira Viana Goes, Túlio Veras, Marcelo Campos, Lais Lima Leite.

Relatos Da Reunião: O presidente iniciou a reunião discutindo as pendencias para a concretização da abertura do CNPJ do Centro Acadêmico. Todos os tramites burocráticos foram resolvidos, faltando apenas uma quantia no valor de R$165,00 para o pagamento de taxas.
Posteriormente foi discutido que a gestão deve ter um grupo formado por alunas para averiguar melhor sobre casos de assedio na faculdade, esse grupo daria suporte a alunas queixosas e encaminharia para as instituições competentes.
Por fim, foram discutidas as medidas do projeto arquitetônico, já feito, do espaço de convivência.
A reunião foi sucinta e após ouvir todas as partes, o presidente deu por encerrado a reunião.

2.4. REUNIÃO DA DIRETORIA DO CAECO (25/07/2016)

 

Data: 25/07/2016
Hora: 15:00 às 18:30
Local: Av. da Universidade, 2431 – Benfica, Fortaleza – CE, 60020-180, Auditório Geraldo Nobre.

Pessoas Presentes: Victor Alan Lima da Cruz, Marto Pinheiro, Tauan Rocha do Amaral, Marcelo Campos, Luis Carlos e Felippe Hermes.

Relatos Da Reunião: O presidente iniciou a reunião discutindo a semana zero para a recepção dos calouros do semestre 2016.2. O diretor acadêmico, Marto Pinheiro, em conjunto com sua equipe, Alexandre e Isabel Rodrigues, montarão uma lista de todos os monitores dos departamentos de economia aplicada e teoria econômica. O diretor de Assuntos estudantis, Luis Carlos, montará uma lista de possibilidades bolsas na universidade para apresentar aos calouros. Bem como ficou decidido que o Marto Pinheiro articulará voluntários para ministrar aulas nos cursos do pré-economia. Além disso, a gestão montará um projeto das atividades a serem realizadas durante a semana zero junto dos calouros.
Posteriormente, foram discutidos pontos como trote solidário e Churreco. No trote solidário, a diretora de gestão de pessoas, Flaira Goes, ficou responsável pela articulação. No Churreco, o diretor de Cultura e Esporte, Tauan Rocha, será o principal responsável.
Posteriormente foi discutido de forma pragmática a semana de economia e finanças, foram cogitados possíveis palestrantes, formas de financiamento, data para reunião com a finanças e logística. Bem como ficou decidido que haverá um grupo da gestão focado apenas na organização do evento. Além disso, foi decidido que um tema a ser proposto é “Brasil: o permanente país do futuro”.
Após ouvir todas as partes, o presidente deu por encerrado a reunião.

3. INFOLUA FINANCEIRO

 

Em cada nova edição deste informativo haverá uma seção dedicada a atualização da situação e dos gastos financeiros do CAECO. A ideia, sugerida por um dos estudantes associados, Mateus Melo, é de que, dessa forma, todos possam acompanhar a gestão de recursos e dar maior transparência a estes.
A gestão da Livre União Acadêmica, desde a sua fundação, tem sido em sua quase totalidade mantida por doações voluntárias de seus membros. Os gastos têm por objetivo manter funcionando nossas atividades e suprir necessidades diárias do Centro Acadêmico. Eles são geridos por nosso Diretor-Tesoureiro Túlio Verás, aprovados pelo Presidente e pela Vice-Presidente, Victor Cruz e Ana Beatriz, de acordo com a necessidade de cada diretoria.
Aqui constarão os gastos e as entradas ocorridas no período de maio a julho de 2016. Os gastos referentes a gestões anteriores foram apresentados e aprovados por Assembleia Geral de Estudantes.

FLUXO DE CAIXA

fluxo-de-caixa

 

O PDF do InfoLUA de Maio a Julho pode ser baixado neste link.

 

Convocatória005

 

Viemos por meio deste, convocar os estudantes associados ao Centro Acadêmico Ari de Sá Cavalcante, para Assembleia Geral Ordinária de Estudantes, seguindo os preceitos do artigo 17 e do artigo 30 do seu Estatuto Social, que deliberará, em pauta única, sobre a prestação de contas da gestão 2015-2016 desse Centro Acadêmico.

A Assembleia será realizada no dia 22 de abril de 2016 (sexta-feira), no Auditório Geraldo Nobre na FEAAC. A primeira chamada será às 17:30 com intervalos de 30 minutos para as chamadas subsequentes.

Esperamos contar com a presença de todos para colaborar com essa discussão de grande relevância para o CAECO.

Nota de EsclarecimentoA Livre União Acadêmica, em virtude de processo eleitoral que deverá ser aberto amanhã e respeitando a transparência, a probidade e a democracia que sempre a regeu nesse processo, vem informar que esta página, durante todo o período do eleitoral, será usada SOMENTE para divulgação das atividade do Centro Acadêmico Ari de Sá Cavalcante de Economia.

Assim como o perfil do Caeco Lua que também será usado para toda e qualquer divulgação e pronunciamento da entidade dos estudantes de nosso curso, durante esse período.

O Centro Acadêmico também usará o seu site oficial caeco.org para divulgações e esclarecimentos.

Agradecemos a compreensão de todos.